Liliane Brito

O que é Mahashivaratri?

 

Maha Shivaratri (Devanagari: महाशिवरात्रि) é um festival hindu celebrado todos os anos em reverência ao Senhor Shiva. É comemorado anualmente na 13ª noite/14º dia do mês Māgha (माघ)  ou Phalguna (फागुन) do calendário Hindu (geralmente fevereiro ou março).

Segundo a tradição hindu, Maha Shivaratri é a “Grande Noite de Shiva”. Maha significa “grande” e Ratri significa “noite” por isso o nome Maha Shivaratri.
A cada mês, a noite anterior ao dia da lua nova temos um Shivaratri, a “Noite de Shiva” e uma vez ao ano há um dia e uma noite inteira dedicados a Shiva, o “Maha Shivaratri”.
Para os hindus, a lua rege a mente e os sentimentos. Assim, a diminuição da parte visível da lua (e de sua energia) durante a fase minguante, favorece a gradual sutilização da mente, possibilitando a percepção da Luz da Consciência e o contato com o nosso Deus interno, simbolizado pelo nascimento da Lua Nova.

O Maha Shivaratri é um dia auspicioso e é recomendada a vigília (muitas orações, mantras e bhajans, rituais, ascetismo e práticas espirituais a noite inteira). Na Índia e em todos os templos de Shiva, há uma grande comemoração nesse dia. A tradição hindu diz que durante esta noite sagrada o Senhor Shiva se manifesta na forma de um Lingam para benefício dos devotos e deve ser dedicado à concentração no aspecto de Deus que representa a Destruição/Transformação.
A palavra Lingam (ou Linga) significa “símbolo” ou “aquilo através do qual se pode ver outra coisa”. O Shiva Lingam é uma das mais sutis representações de Deus conhecidas pela humanidade. Trata-se de uma pedra em formato de elipse (ovalada) que, tendo uma configuração “abstrata”, tanto pode representar o Absoluto sem forma, quanto o Senhor dotado de atributos.
Por não ter uma forma humana ou animal específica, o Lingam indica que Deus é sem atributos, estando além de qualquer limitação ou definição. Mas, como possui um formato básico, também mostra que o Senhor pode assumir a forma que desejar, como realmente o faz, ao se manifestar em toda a Criação. Ele simboliza todo o processo de Criação, Manutenção e Destruição do Universo, pois, do Sem Forma nascem todas as formas, que por fim, voltam a se dissolver no Absoluto.

É importante ressaltar que, muitas vezes, Shiva é tratado não só como o Destruidor/Transformador, mas como o próprio Absoluto, sendo até mesmo chamado de Maheshvara (o Grande Ishvara, Grande Senhor). Isto mostra que cada deidade é apenas a uma representação de um dos aspectos do mesmo e único Deus, que encerra em Si todos os poderes.

O Mahashivaratri é a ocasião auspiciosa para alcançarmos paz de espírito, êxito nas nossas devoções, prosperidade e abundância plena e absoluta em nossas vidas, remover a ignorância e conquistar a libertação.

 

OM NAMAH SHIVAYA!!!

OM NAMAH sHIVAYA!!!

OM NAMAH SHIVAYA!!!

 

No retiro de Carnaval estaremos celebrando o Mahashivaratri na Segunda-feira ( 12/02), dedicando todo o dia com praticas de aprofundamento.

 

Texto - Shadanayoga

Please reload

Please reload