Liliane Brito

Oriente-se - um retiro que faz a diferença

Oriente-se “um encontro com você mesmo”  

O retiro tem sido um daqueles momentos especiais e renovadores na vida que chega como uma brisa suave envolta pelos perfumes e cores do momento atual de cada pessoa que escolhe estar neste encontro.

Este retiro, “oriente-se” traz em sua essência o conhecimento sagrado milenar indiano, que nos possibilita no primeiro instante “Saber de fato onde estamos” e quais as peças deste jogo atual que estamos jogando, na maioria das vezes de forma impulsiva sem reconhecer este lugar. Em nosso dia a dia deixamos de lado todo o nosso universo interno, verdades, sentimentos, sonhos, emoções para responder de forma imediata as supostas exigências do contexto atual da humanidade e vamos com isto no passo a passo de cada dia escondendo um pouco de nós mesmos, vamos aceitamos cenários indigestos para nossa vida. Desta forma vivemos situações ao nosso redor que a cada dia exige “matar um leão por dia”, ou entrar “na luta” para poder sustentar moldes frágeis devido à falta de um alicerce seguro.

E é nesta construção de alicerce que nosso convite entra como uma opção para suas escolhas. O Yoga traz em sua tradição o conceito inicial e básico de “Conheça a ti mesmo”. Reconhecer e ampliar a percepção interna dos lugares criados e habitados diariamente traz junto à liberdade de escolha de ações criativas em todo o percurso da vida. Todos os dias vivemos situações repletas de possibilidades de desenvolvimento desta atenção plena aos fatos e sentimentos que nos guiam. Desenvolver este olhar atento aos movimentos internos para encontrar nossa verdade essencial nos permite atuar com objetividade no externo.

A vida é experienciada como um navegar, passamos por turbulências, calmarias, paisagens diversas, lugares já visitados e outros ainda surpreendentemente novos. Constantemente podemos reorganizar a rota, criar novos caminhos que nos leva a reconhecer o processo do potencial latente de evolução natural da vida humana de viver em abundância, beleza, prosperidade, alegria e amor.

A voz que vem do coração é a nossa bussola, ela nunca falha desde que a mente esteja suficiente atenta e quieta para ouvir este canal e poder discernir os reais valores e verdades.

Somos seres participativos e co-criadores das condições para este navegar.

“Os homens são pássaros que amam o vôo, mas têm medo de voar. Por isso abandonam o vôo e se protegem em gaiolas.”

Please reload

Please reload