Liliane Brito

Viagem para India - conhecimento e espiritualidade

 

A viagem para India está chegando, nossa saída será em Fevereiro de 2017 e com esse movimento muitos sentimentos se mesclam. A primeira curiosidade é conhecer como será este novo LILI GROUP, que já me parece harmonioso em seus interesses...

 

Mais uma vez estamos arrumando as malas e colocando sonhos, expectativas, curiosidades e a escolha de nos aventuramos nesta preciosa terra que recebe o nome de MÃE, a Mãe Índia: Terra dos saberes sagrados, de um povo único em suas vivências e costumes tão diversos e muitas vezes estranhos para nós ocidentais.

 

Poder viver, sentir, olhar e reconhecer seus costumes, crenças e valores torna-se a experiências maior que as palavras. Pois tudo que se vive nos leva a um contato mais intimo com a gente mesmo. Reconhecemos nossos valores, nossos hábitos que vão sendo avaliados e percebidos, causando muitas vezes  um certo desconforto. A todo o momento parece que a vida grita para que possamos dissolver nossas amarras para que a aceitação, compreensão possa ser encaixada em algum canto de nosso interior e transformar o que se faz necessário para transmutar e rever como caminhamos pelo viver. 

 

A vivência de 18 dias será muito mais que uma simples viagem de férias, será algo que ecoa em cada passo seguinte que daremos após a viagem.  Uma aventura que nos leva a um encontro real e valioso, a preciosidade da vida humana e suas diversidades.

 

 

Jean Claude Carrière escreve de forma tão clara e simples em seu livro “ Índia , um olhar amoroso” a seguinte mensagem:

“A Índia não é um país charmoso.

A presença humana que se impõe em todos os lugares.

A multidão é a principal paisagem. ...

Aceite a multidão, se misture, se perca...

A Índia observa a si mesma, analisa a si mesma. ...

Ela é incoerente.

Engloba tantos níveis sociais, tantas complexidades mentais, tantas regras públicas e secretas, tantas realidades imaginárias, tanto passado, tanto presente, que uma coesão geral dependente de um milagre cósmico.

Aqui a pluralidade parece ser o cimento.

È a diferença que reúne e é a ilusão que é real.

O passado não é o passado.

Ele é apenas uma das formas do presente, que o assimila e o prolonga.

 

Uma viagem física no tempo, um transporte para as luzes e os aromas de uma outra época. Nenhum esforço é exigido, basta-se deixar-se levar, deslizar pela passagem temporal.

 

A Índia reivindica cinco milênios de existência. Cinco milênios de instantes.

Na Índia, há uma relação entre o homem e o mundo que está ameaçado e que talvez desapareça.

Se amarmos mais o tempo do que o espaço, e o contato mais que a solidão, é preciso aproveitar esta possibilidade.

 

A abordagem visual e sensual é indispensável.

È preciso algum tempo para apreender, esta particularidade profunda, porque aquilo que acreditamos reter, de repente nos escapa e nos desconcerta.

Este sentimento pode ir do assombro á decepção. Porque temos o hábito de preceder por comparações, de remeter tudo á nós mesmo. Mas podemos ir além das aparências e aprender e decifrar as imagens, e mais profundamente, entrar em contato com o coração e os pensamentos indianos.

Se ainda nos resta uma oportunidade de avaliar, reconhecer e mudar de ares e hábitos, ela deve ser aproveitada na Índia.

 

Esta coexistência, no seio da vida indiana, do passado e do presente, da crença e da ciência, do eterno e do passageiro, além do charme e às vezes da fascinação, nos garante a possibilidade (se assim quisermos) de observarmos a nós mesmos, neste ou naquele momento de nossa própria história...

...A Índia nos arranca de nós mesmo, seja por repulsa, por atração, ou pela mais forte das curiosidades, aquela que não sabe o que busca, nem o que pode esperar ou temer.

 

Uma surpresa a cada piscar de olhos. Uma incessante provocação do olhar e do pensamento.

...” 

 

SOBRE A VIAGEM

VIAGEM PARA INDIA

COM LILIANE BRITO​

Saída: Fevereiro 2017

Informações: http://www.yogaintegralilhabela.com/

 

Esse é um convite para uma viagem de conhecimento e espiritualidade ao Sul da India.

Um relato antigo que permanece vivo em um  país único  em sua diversidade e historia, onde a multidão é a principal paisagem.  Cores, sabores,odores e crenças se mesclam em todo o espaço. Sons intensos ressoam fazendo o passado reverberar  no presente.

Viajar pela India é antes de tudo uma oportunidade para ampliar as visões e reconhecer os valores latentes no viver.

Desde sempre vivemos hoje.

Cinco milênios de instantes.

 

SOBRE LILIANE BRITO

Acompanhamento de Liliane Brito ( Lily Lakshmi ) que estuda e pratica yoga há anos. Atualmente é diretora e coordenadora da Escola Yogaya em Ilhabela e Ministrante e coordenadora do Curso de Formação em YogaIntegral em Gonçalves - MG.

Acredita que esta filosofia sagrada milenar traz em seus ensinamentos um conhecimento precioso e verdadeiro que permite criar a vida em um alicerse  seguro para viver melhor a preciosidade da vida humana. 

Durante todo o percurso da viagem, teremos práticas de yoga, meditação, contemplação e trocas das vivências e percepções.

          

Please reload

Please reload

Encontre por Tags